sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

quem estava lá, era para estar , quem pensou em ligar e não discou teve medo, e quem desligou na cara acreditou que estava trazendo tranquilidade mas não estava. Quem abraçou, confortou, quem sorriu, presenteou, quem não foi deveria mesmo ter ido, quem foi convidado podia estar lá, quem planejou fez surpresa, quem modificou, foi pra melhor e quem presenciou deve o resultado ali, estampado na cara: a felicidade!

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Olha, estou escrevendo só pra dizer que se você tivesse telefonado hoje eu ia dizer tanta, mas tanta coisa.
C.F.de Abreu

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

como uma estação

Mogi-Guaçu,  14 de dezembro de 2010

Minha pequena,
Como você esta? A tanto tempo não tenho noticias de você... as vezes dói tanto sabia! Eu ainda sinto falta do meu diário, e era todos os dias, e era em todos os momentos, você sempre esteve aqui e eu te pegava no colo toda vez em que você precisava, a distância nunca separou a gente. Eu devo ter errado muito não é? Você não volta mesmo? (...) hoje eu vejo ele por ai e voltaria atraz de tudo pra não ter te contado nada do que ele aprontava... pelo menos pra ter mais uns minutos aqui comigo, as coisas sairam do controle tão rápido, você soltou a minha mão e nunca mais voltou, e eu te criava com tanto amor, esse amor não passa... dói mais que amor de amores sabe? Eu ainda tenho todas as nossas fotos, e começo a chorar em todas as férias, porque elas sempre foram suas lembra? E tinham tanto ciumes da nossa amizade, e tinham tanta inveja da nossa felicidade, e eles venceram né... Hoje você não sabe mais dos meus dias e eu não limpo mais as suas lágrimas mesmo conversando com você por pensamento todas as noites e pedindo pra Deus te proteger a todo momento. Eu sei que você deve ter jogado fora todas as fotos, e que deve perguntar muito a Deus o por que de tudo isso, eu sei que mesmo com todo esse orgulho você também queria estar aqui e que aqueles porta retratos em seu quarto estão vazios porque exatamente ninguém consegue ocupar o meu espaço... o seu ninguém conseguiu também! (...) eu lembrei de todos os planos, de todas as férias e de todos os abraços (...) Você se lembra de como eu gostava de te fazer sorrir? A boba aqui fazia birra pra chamar atenção, feito palhaça eu memorizava cada sorriso que você dava, eu brigava por cada férias, por casa segundo ao teu lado. E você me trocou, assim por apenas um garoto; eu fiz exatamente de tudo pra ver vocês juntos, eu errei mais tarde, mas hoje eu queria nunca ter te conhecido, para não sentir essa dor que você anda me causando! E eu que sempre te disse que amores não eram pra sempre, não consegui te ensinar muita coisa não é?

Mas olha... mesmo estando aprendendo a não usar mais o coração eu estou aqui, esperando o dia em que você vai voltar!
Eu te amo muito minha eterna pequena.

ass: a sua alma gêmea.

p.s. ainda guardo todos os planos e a tatuagem de estrela será feita... eu prometi nunca te abandonar,lembra?

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

" (...) e eu que não fumo, queria um cigarro, eu que não amo você, envelheci dez anos ou mais... nesse último mês. Senti saudade, vontade de voltar, fazer a coisa certa aqui é o meu lugar... Mas sabe como é difícil encontrar a palavra certa, a hora certa de voltar, a porta aberta, a hora certa de chegar...Eu que não bebo, pedi um conhaque, pra enfrentar o inverno que entra pela porta que você deixou aberta ao sair "

Aquela paixão que passou, na realidade não passou, permaneceu, mas o medo me fez retirar os vestigios, as vontades, o querer estar por perto. O coração que agora tenta usar a razão para no primeiro erro, no primeiro medo e joga tudo pro ar, e eu te avisei não é? Te disse que assim que o ciumes aparesse, que eu sentisse insegura eu jogaria tudo por ar, me matava pensar que um dia não daria certo e que eu teria que recolher o meu coração no chao novamente, aquele que foi colado com o tempo e que ainda tem sinais de exaustão. E agora eu sinto sua falta... falta da maneira que as coisas estavam acontecendo, do seu orgulho que jurava que não tinha e principalmente do teu sorriso, aquele de moleque atrevido que você me dava enquanto tocava, ou quando eu sorria e lhe pedia...e você soltava aquele sorriso bobo(...) E que saudade de quando você me ligava de madrugada e perguntava se eu estava dormindo e naquele momento me batia um ciumes dos seus amigos, e uma vontade de estar na tua casa, na sua rede, morrendo de vergonha do sorriso da sua mãe, apertando a tua mão com força pra ver se passava... e não passava! Foi pouco tempo, mas foi todos os dias, e hoje me bateu saudade de te abraçar forte e te pedir pra ir com calma porque eu estava me amarrando, quem foi que desdeu o nó? Estava forte, mas meu coração sentiu um medo, medo de sentir a saudade que eu estou sentindo agora...

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

como eu fui jamais serei (...)

...
você esta vendo toda essa mudança não é? Estou exatamente igual a você... e assim eu sinto o que você sente, entendi sabe. Entendi que tudo isso é pra chamar a atenção, mas não do publico, mas do coração, (aquele que eu ando criando pra você) e você sabe que não precisava chamar atenção, ele já te nota com frequencia. Agora com o tempo ele mudou também, se trancou, fez birra, feito adolescente, é eu também acho ridiculo, mas ele não me ouve (teimoso, feito você) ! Esses dias achei uma carta dele jogada fora, estava escrito teu nome no destinatário, eu abri, curiosidade mesmo e encontrei palavras que você não deveria saber, mas é aquela velha história né.. eu vou brigar com criança? As palavras não são pra você, é pro coração que ficou contigo, eles sempre quizeram estar juntos, não adianta a gente se entrometer mais não é? Na carta dizia que estava doendo muito, e que se trancar no quarto não resolve muita coisa, que qualquer dia ele ia fugir ao encontro do seu, resolvi te avisar, fica mais facil assim saber aonde eles estaram se sumirem... ele escreveu que sente a sua falta, crê? Disse que assim é complicado queria mesmo é estar junto de vocês, ele nasceu ai e apesar de você ter me dado ele, e termos feito essa troca acredito que seriam mais felizes juntos... a por acaso ele disse que nunca mais será como antes, não abre mais a porta e não sente mais pulsar, e sabe o pior? Me contou sobre o meu coração, que eu deixei ai com você, completou dizendo que não adianta exatamente nada nós dois distantes, cuidado do coração um do outro, eles não são felizes assim, por fim disse que não vai sair do quarto e que nunca mais vai ser o mesmo... é engraçado mesmo, eles se gostam, e se conhecem, ninguém mais vão faze-los pulsar como antes, mas quem sabe um dia, eles se encontram novamente... mas tranque a porta ai Ok? Não quero que quebre ele de novo...

terça-feira, 30 de novembro de 2010

e ela soube responder o que eu precisava ouvir, me tirou do poço com facilidade (mesmo sendo dificil deixar tudo lá em baixo) mas eu não poderia ficar lá sem ela, ela me segurou com força, e com a certeza de que jamais me soltaria... nem se eu desistisse.

quando se encontra alguém que compartilha a mesma dor

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

aquela garota ali, sorrindo... é o que faz a minha vida valer a pena. No momento em que eu abraço e sinto ali, todo um sentimento que não vai passar eu me abasteço e amor nenhum é capaz de me fazer ser triste. Ela me ouve quando não tem mais ninguém ao meu lado, ela me levanta toda vez que eu estou no chão... sim! Ela me deixa cair e me diz:
- eu quero que você aprenda andar sozinha, mesmo eu estando ao seu lado a todo momento, e que você se lembre de mim assim, se algum dia eu se for primeiro que você!
Aquela garota ali ? Não vai me deixar, e ela não precisa andar de mãos dadas comigo nem repetir que me ama todos os dias, nós não contamos as datas de um ano, um mês, uma semana, nós apenas vivemos... estamos ali e pronto, uma é a base da outra. Aquela menina sorrindo, é o meu suporte, por ela eu levanto de todos os tombos e desvio de todos os obstáculos, e quando ela chora, nossa, eu sinto um aperto tão grande que o meu maior desejo é retirar toda a dor dela e transporta-la pra mim... mas como não tem jeito, eu faço palhaçada... sim! Exatamente como se eu pudesse alegrar uma criança, e a coloco no meu colo e se você quer saber? Eu deixaria ela ali, nos meus braços por toda a vida se pudesse protege-la do mundo, mas não é tão simples assim... então eu permaneço aqui, desejando todos os sorrisos, aceitando alguns choros para que a vida lhe ensine, e a olhando admirada, porque o amor que eu sinto por ela não tem medidas, e o melhor: não vai passar!

para as minhas amigas,
para aquela que não sabe o quão é importante,
para aquela que me ouve em todas as crises,
aquela que cresceu comigo.
 aquela que mesmo afastada esta presente
para aquela que um dia esteve aqui e por mim vai permanecer no mesmo lugar
e para todas aquelas garotas, que são minhas e isso o mundo não pode tirar.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

sábado, 2 de outubro de 2010

uma parte que não tinha

chega fazendo silêncio, senta aqui ao meu lado, me abraça e me diz apenas com um olhar que entende tudo que eu penso em dizer, demonstre que quer a minha presença, e diga que eu te transmito a paz que você esta me fazendo sentir, ai você pode dar aquele sorriso bobo, e ficar por todo o resto do tempo comigo nos braços, me protegendo de mim, e me sugando para você.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

we never promised

Incrível, mas hoje eu queria um amor, sim, um amor daqueles de gelar a barriga, de sorrir por bobagem e de discar o número apenas para ouvir o som da voz, desligar logo em seguida, sorrindo feito boba, com um ar da felicidade de criança que acaba de aprontar uma travessura. Um amor simples, sem presentes, e com presença. Daquele que no fim do dia um abraço retirava todo o cansaço, as brincadeiras simples traziam tanta alegria, e o choro nos olhos era uma forma de alívio se estivessem sendo enxutos por aquelas mãos que te seguravam com tanta certeza. Eu queria deitar no colo dele, como criança sem morada alguma e de repente abrir os olhos e ver ele me olhando como se toda a alegria estivesse ali, nos braços dele. Eu queria algo simples, algo bobo, algo estável... Podia até haver uma briga, uma briga feia, daquela em que os dois gritam e em menos de 24 horas estão com tanto medo de perder um ao outro que ao se ver apenas se abraçam e desejam a presença que foi perdida em minutos.(...) Eu queria antes de um amor, aprender a esquecer, esquecer qualquer traço que me faça lembrar o que é um amor, para poder recomeçar, sem saudade de todos esses pequenos pontos que me fazem querer um amor... Que me fazem querer aquele amor, o meu amor.                                            
                                                             
p.s. ultimamente eu sinto ódio de mim, de te querer, de relembrar, de escrever para você. Qualquer dia, eu vou matar esse amor, esquecer... Não esta dando certo! Ando procurando uma saída, e se eu achar, algo vai ser trágico, ou mágico. Estou torcendo para que morram todas as lembranças e que as vozes que me trazem você se calem... Para sempre. Afinal, nós não fomos para sempre, por que o que eu sinto há de ser?


Uma dica

" Para curar uma dor de amor, digam o que quiserem, só conheço um remédio: um amor novinho em folha. Enquanto nosso coração não encontrar outro pretendente, ficaremos cultivando o velho amor, alimentando-o diariamente, sofrendo por ele e, no fundo, bem no fundinho, felizes por ter para quem dedicar nossos ais e nossa insônia. A gente só enterra mesmo o defunto quando outra pessoa surge para ocupar o posto. Se isso lhe parece uma teoria simplista, toque aqui. É simplista sim. Isso de enterrar o defunto do dia pra noite só funciona quando o defunto era apenas uma paixonite, um entusiasmo, fogo de palha. Porém, se era algo realmente profundo, um sentimento maduro, aí o efeito do novo amor pode revelar-se um belo tiro pela culatra. Ele acabará servindo apenas para dar a você a total certeza de que aquele amor anterior era realmente um bem durável. E a dor voltará redobrada. Um beijo que deveria inaugurar uma nova fase em sua vida pode trazer à tona lembranças fortes do passado, e nem é preciso comparar os beijos, apenas as sensações provocadas. Quem já vivenciou isso sabe o constrangimento que é beijar alguém e morrer de saudades do antecessor. Um novo amor pode transformar o que era opaco em transparência: você não sabia exatamente o que sentia pelo ex, se era amor ou não, então surge outra pessoa e você descobre que sim, era amor, caso contrário não sentiria esse abandono, essa perturbação, essa forte impressão de que está fazendo uma tentativa inútil, de que não conseguirá ir adiante. Mas o que fazer? Encarar uma vida monástica, celibatária? Nada disso. Viva as tentativas inúteis! Uma, duas, três, até que alguma delas consiga superar de vez a inquietação do passado, que venha realmente inaugurar uma nova fase em sua agenda amorosa, que deixe você tranqüilo em relação ao que viveu e ao que deve viver daqui pra frente. No entanto, quanto mais escrevo, mais me dou conta de que não há fórmula que dê garantia para nossas atitudes, de que não há pessoa neste mundo que não possa nos surpreender, de que tudo o que vivemos são tentativas, e que inútil, inútil mesmo, nenhuma é."

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

necessário

Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

Fernando Pessoa

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

alguns segredos

Quando eu era pequena, eu batia a porta do meu quarto, e chorava atrás da porta por conta de terem revelado algo sobre aquela boneca que eu escondia (...) Era fácil fugir do mundo, e era fácil aceitar as batidas na porta de alguém que eu realmente queria que abrisse a porta sem bater, mesmo eu gritando que não queria ver ninguém! Hoje eu não sei nem o por que de estar escondida, e mesmo sendo poucos os que batem a porta, esses percebem a minha ausência, a minha falta de palavras, a falta de sorrisos. Eu não vou mais a lugares com a ilusão, eu estou com os pés no chão e mesmo estando no mesmo quarto, abraçada com a mesma boneca, os motivos são bem mais complexos, e falando neles, eu sinceramente estou cansada de tentar desvenda-los, afinal, deve ser esse o problema, a busca de respostas para algo que não tem solução... Talvez o problema seja eu ter ido muito além, e ter perdido o mapa que mostrava o caminho de volta, e quer saber do mais?(...) - Quem disse que eu espero voltar? Me deixe perdida! Exatamente aonde eu parei, assim eu fico longe, e longe eu fico mal, ninguém vê, ninguém busca, isso talvez faça algum bem... Só não sei há quem.


quinta-feira, 23 de setembro de 2010

"A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca e que, esquivando-nos do sofrimento, perdemos também a felicidade."

Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Ela escreveu pensando nele, como se não fosse enviar:

-Odeio a maneira como ele me convence de que não teremos fim, e amo ver a certeza desse fato nos olhos dele. Odeio o jeito com que me abraça, como se pudesse me proteger, e assim ele se esquece que a proteção que eu preciso esta em ficar longe, não ali, aninhado em teu colo,  acabo amando os teus braços sobre mim, e mesmo anestesiada ouço uma única fala:- como você é pequena(...) Odeio quando você me olha com certeza e diz que sabe que eu não consigo fugir, mas amo quando vejo que com isso você sabe a grandeza do que eu sinto por você, mesmo com medo, mesmo negando. Odeio ouvir aquela música e te notar tão longe, mas amo saber que você troca de rádio toda vez que há ouve pois me vê completamente presente nela, e quem tenta fugir, ao menos pensa... Odeio quando em pleno sábado eu abro o guarda roupa e noto a tua blusa, amassada em um canto, mas amo quando a visto sobre mim, amasso o resto que posso, e sinto teu cheiro presente no meu corpo. Odeio as nossas despedidas, as lágrimas que eu tento esconder de você, mas amo quando você me segura forte, pede pra eu não chorar, e diz: você acha que é fácil pra mim não é? Deixando assim me convencer que a minha presença também é desejada (...)

Ele respondeu para ela, como se ela não fosse ler:
- Odeio todos os textos dela, mas amo quando em um dia mal eu vou lê-los e percebo como ainda estamos conectados. Odeio a forma como ela se encaixa em mim, e acabo amando sentir que posso protege-la do mundo. Odeio quando ligo o rádio e ouço aquela canção, mas amo quando em algumas noites só consigo dormir sorrindo quando lembro o horrivel som desafinado da sua voz cantando pra mim. Odeio olhar para o calendário e lembrar de todas as nossas datas, mas amo saber que ela também se lembra de cada detalhe... e falando em detalhes eu odeio todos aqueles simples sorrisos em que você dizia: - você vai se lembrar de mim quando fizer isso e eu tiver distante! Mas amo saber que você sabe exatamente o que disse, e eu realmente me lembro. Odeio ter que me mostrar forte sorrindo em nossas despedidas, mas amo quando vejo nos teus olhos que não será a ultima vez e você sorri pra me fazer algum bem, acreditando em mim que te desejo exatamente como você me deseja.

sábado, 4 de setembro de 2010

Frases clichê .


Dormir chorando faz você acordar com a noite estampada na cara, então não faça isso por muito tempo, você pode se acostumar com o que vê no espelho e se esquecer de você! Aquela foto que você guarda com tanto carinho em um lugar escondido de você mesma, sempre vai te fazer mal quando você não precisar vê-la... A sandalia que você olhou e pensou que iria te machucar, realmente vai te machucar, mas se você se apaixonou por ela, não adianta, você vai comprar, nem se for pra usa-la uma vez apenas. Você vai sentir falta de muita coisa do passado, mas pode ter certeza a lembrança mais forte vai ser dos beijos mais intensos que não levavam a nada além de beijos, do abraço mais demorado e das palavras mais curtas. O urso que fica em cima da sua cama, fica por algum motivo, e enquanto esse motivo não mudar, ele vai continuar ali. Os amigos de verdade não precisam de razão nenhuma pra ficar ali, a um sentimento que ninguém vê, que podem até tentar estampar, mas só é visto com o tempo. As vezes com o vento sempre virá um perfume que você vai lembrar de alguém, mesmo sem ninguém passando por perto. Pelo menos UMA vez na vida você vai ver um pôr do sol que você vai achar que já viu antes, e vai querer paralizar aquele momento. Você pode ter várias fotos sua, uma delas é a sua favorita. Seus pais são realmente as pessoas mais importante da sua vida, e um dia a maior dor de saudade será da falta deles, dos gritos, dos abraços, do apoio que você não encontrará em mais ninguém! Quando algo realmente acaba, não tente de novo, as coisas podem piorar, e por mais que você pense que não, um dia você vai dar razão pelo fim. Corações partidos, dói, sangra, e passa, mesmo achando que não, a saudade fica junto com o medo e é tudo que resta. Um dia você vai ouvir todos os seus cd's antigos... de olhos fexados, sorrindo com lágrimas. Os namoros que são esfregados na cara dos outros a felicidade, não vai muito além, ninguém precisa de depoimento, fotos e declarações em público para ser feliz, havendo o sentimento, basta! E um dia você percebe que aqueles que realmente se amavam, não tem tempo para milhares de fotos postadas, eles querem a presença. As coisas mudam a todo momento, amanhã pode ser o ultimo dia, e vai chegar uma hora que você vai achar que não fez o bastante, então não espere muito. Amanhã pode ser tarde demais.

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

há dias em que desejemos mais que palavras, há dias que são tão longos e pra ajudar tem noites interminavéis. Há tempos, há sol, e há chuva. Há época pra tudo, mas o que acontece quando a garota se cança de tudo? Ela não deseja o que antes desejava, ela deseja apenas sorrir... com alguém do lado, talvez seja esse o problema! Precisa aprender a viver sozinha! Sem realmente ninguém, porque no fundo alguém sempre vai te decepcionar, só esperar em que. Mas enquanto ela não aprende, hoje, só por hoje ela gostaria de acabar com esse dia que não tem fim ao lado de alguém, chegar em casa depois de uma semana terrivel e ter com quem contar, alguém que á veja alem dos olhos, um colo, um abraço, um ombro apaixonante. Hoje ela deixaria de lado todas as luzes piscando e aquela música alta envolvente por apenas um sentimento, o amor, correspondido por favor.


quarta-feira, 1 de setembro de 2010

uma história

Houve uma vez dois amigos, eles eram inseparáveis, eram uma só Alma. Mas por alguma razão seus caminhos tomaram dois rumos distintos e se separaram.
E ISTO INICIOU ASSIM:

Eu nunca voltei a saber do meu amigo até o dia de ontem, depois de 10 anos, que caminhando pela rua me encontrei com a mãe dele. A comprimentei e perguntei por meu amigo. Nesse momento seus olhos se encheram de lágrimas e me olhou nos olhos dizendo:
-Morreu ontem...
Não soube o que dizer a ela, ela seguia me olhando e então perguntei como ele tinha morrido.
Ela me convidou a ir a sua casa, ao chegar ali me chamou para sentar na velha sala onde passei grande parte de minha vida, sempre brincávamos ali, meu amigo e eu.
Me sentei e ela começou a contar-me a triste história.
Fazia 2 anos que diagnosticaram uma rara enfermidade, e sua cura dependia de receber todo mês uma transfusão de sangue durante 3 meses, mas... Recorda que seu sangue era muito raro?

Sim, eu sei, igual ao meu...

Ele dizia que da única pessoa que receberia sangue seria de ti, mas não quiz que te procurássemos, ele dizia todas as noites:
-Não o procurem, tenho certeza que amanhã ele virá...
Assim passaram os meses, e todas as noites se sentava nessa mesma cadeira onde estás tu sentado e orava para que te lembrastes dele e viesse na manhã seguinte. Assim acabou sua vida e ontem na última noite de sua vida, estava muito mal, e sorrindo me disse:
-Mãe, eu sei que logo meu amigo virá, pergunta pra ele por que demorou tanto e entrega a ele esse bilhete que está na minha gaveta.

A senhora se levantou, regressou e me entregou o bilhete que dizia:
Meu amigo, sabia que virias, tardastes um pouco mas não importa, o importante é que viestes. Agora estou te esperando em outro lugar, espero que demores a chegar aqui, mas enquanto isso quero dizer desde o céu tens um amigo cuidando de ti, meu querido melhor amigo. Ah, por certo, te recordas porquê nós nos distanciamos? Sim, foi porque não quiz te emprestar minha bola nova, rsrs, que tempos heim... Éramos insuportáveis, bom pois quero dizer que te dou ela de presente e espero que gostes muito. Amo você! Teu amigo de sempre e para sempre!"

- Amanhã pode ser tarde demais.

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

um valor que vale a pena

elas não se conheciam, se viam apenas em fotos, mas tinham as mesmas companhias. O garoto que uma delas namorava e amava estava na sala da outra, isso deixava alguma ponta de ciumes, nada imaginavel pra a outra. O tempo passou, a garota começou amar sozinha, a outra a chorar pelos cantos, e Deus colocou-as juntas, por palavras, sentimentos em comum, lançou as duas no mar, estavam em barcos separados e cançadas de remarem sozinhas, no mar talvez fosse mais fácil, era apenas descançar não era? Elas se viram... perceberam que estavam desistindo juntas e foi então que descobriram se estivessem no mesmo barco poderiam ir além. Se juntaram, aos poucos, pegaram um novo barco, começaram a remar juntas, e estão em alto mar, com uma diferença de antes, hoje elas tem uma a outra, hoje elas veem terra mesmo que longe, sabem que irão chegar em algum lugar... juntas elas perceberam que qualquer amizade vale mais que um amor não correspondido, vale mais que cartas que voltam ao remetente.

domingo, 29 de agosto de 2010

ausente

tudo que ela menos precisa agora é mais alguém pra ocupar os pensamentos. Ela queria fugir de tudo, sair do mundo em que estava lhe fazendo mal e então se deparou com outro mundo(...) poderia estar vivendo de novo, estava sentindo teu coração novamente, ele pulsava devagar, não estava em terra firme, aprendeu a reconhecer tudo antes de pisar em qualquer lugar, até onde aquele caminho que estava te dando um ponto de paz iria? A resposta veio logo, ela não recebeu nenhuma ligação, e apesar de diversas vezes ter consultado a sua caixa de mensagem não havia nada de novo, sua cabeça estava confusa, milhões de pensamentos, diversas dúvidas, deitou algumas vezes e nada a fazia dormir. Tentou alguns segredos, e até chegou a tentar colocar na sua cabeça o antigo mundo, aquele se lembra? Que a fazia mal... mas nem assim ela conseguiu. Ela desejava apenas um telefonema, nada mais, no fundo ela desejava algo bem maior... acho que ela estava sorrindo, e teve que parar, deve ter sido esse o problema.

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

assinado em baixo.

" Não gosto de meias-palavras de gente morna, nem de amar em silêncio. Aprendi que palavra é igual oração: tem que ser inteira senão perde a força. E força não há de faltar porque – aqui dentro – eu carrego o meu mundo. Sou menina levada, sou criança crescida com contas pra pagar. E mesmo pequena, não deixo de crescer. Trabalho igual gente grande, fico séria, traço metas. Mas quando chega a hora do recreio, aí vou eu... Escrevo escondido, faço manha, tomo sorvete no pote, choro quando dói, choro quando não dói. E eu amo. Amo igual criança. Amo com os olhos vidrados, amo com todas as letras. A-M-O. Sem restrições. Sem medo. Sem frases cortadas. Sem censura. Quer me entender? Não precisa. Quer me fazer feliz? Me dê um chocolate, um bilhete, um brinde que você ganhou e não gostou. Não importa. Todo dia é dia de ser criança e criança não liga pra preço, pra laço de fita e cartão com relevo. Criança gosta mesmo é de beijo, abraço e surpresa. E eu – como boa criança que sou – quero mais é rasgar o pacote!

Thamires Diniz

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

"Hey, garota, não fique esperando o telefone tocar, os homens são o que são e são todos iguais, o difícil é saber quem é clone de quem. (...) Hey, garota, o dia já passou, não deixe a noite passar, passe um batom, ou não, e vá se divertir, você vai descobrir quem é clone de quem... Hey, garota, faça um favor: não fique esperando, faça algo por você ! "
Engenheiros do Hawai - Algo por você

eu quero a realidade de uma chuva caindo sobre meu corpo e a pureza ficando. Eu quero pular de alegria e sorrir com vontade, eu cansei de hipocresia. Cansei se pessoas que dizem ser amigas, de falsidade, de mal entendidos. Não quero explicações, depois de feito não volta! Não faça se for pra se arrepender, não diga se for pra dizer que não disse... eu não vou querer provas depois,eu quero o real ali ESTAMPADO! Me tiraram dos contos de fadas e resolvi viver sem fada madrinha, principe encantado e bruxa do mal, então coloque o verbo na história, chega de palavras, momentos, te quero, e saudade, cansei! Me olhe feio, e grite comigo se tiver com vontade, faça as coisas pra valer, pulso firme. Estou sentindo falta do imaginário, mas agora eles vão ficar junto com meu travesseiro, o mundo não parou para eu me recompor e eu demorei muito para perceber isso, não dá para deixar o mundo girando sozinho, vou indo tomar um banho de chuva, sorrir por momento, guardar novas lembranças, e fazer uma outra história, é triste continuar escrevendo enquanto você tem outro livro, resolvi ter outro caderno, troquei de caneta, estou com o mesmo perfume, e a chave do caderno que agora eu resolvi guardar eu perdi, você não pode mas abri-lo, deixa esse conto sem final e os leitores vão ter que se conter com as lágrimas da capa, esta que felizmente só tem o titulo e as menores lembranças.

segunda-feira, 9 de agosto de 2010

senta aqui, vamos brincar, sair de uma realidade, essa em que eu estou não caí mais bem. Senta aqui, me faz sorrir, e me mostra que tudo vai ficar bem, nada de medos, insegurança e portas trancadas pro mundo. Hoje não quero visitas, quero você, seu abraço e seu olhar, apenas uma presença, um sonho, um momento fora da realidade. Tudo isso vai passar, eu sei, só não sei se é realmente bom te tirar da minha vida, ser forte esta sendo dificil, mas eu estou conseguindo, e se eu não querer ser forte? Querer você aqui mais uma vez, apenas mais uma vez, sendo pra você momentos... me matando aos poucos, mas pra ser sincera a alegria que você me dava em momentos, durava muito tempo, mesmo doendo quando você ia embora, mesmo fazendo muita falta depois, mesmo sangrando, sentir meu coração bater é bom .

domingo, 1 de agosto de 2010

um medo anda me atormetando! E se eu pudesse não desgrudaria mais de você... esse medo vem apenas quando você esta longe, ando necessitando da sua presença, e quando você se vai volta tudo como era antes! É, o mundo encantado não existe, é tudo escuro sem você, mas a tua presença não é o bastante, eu ser anjo não é o que eu quero... você deveria me tirar da sua vida, antes que o estrago seja maior, o anjo da história é você e já deveria ter notado isso, então porque não se meche? Não muda a história, me deixa aqui, tira da sua cabeça que eu sou boa pra você, esquece que posso te fazer feliz, quando tudo acabar mal, eu não terei mais como me defender, não desejo te machucar, mas eu já sei aonde isso vai parar. Você deveria saber também... brigue, grite, e se mostre mais forte do que até agora eu tentei ser, siga! Você ainda tem uma vida, e todo esse encanto pode passar, você não merece essa falta de realidade, você merece alguém como você, me proteger não deveria ser o seu cargo, você precisa de um anjo também... vá embora, apague a luz, antes que seja tarde demais. Não quero deixar você partir assim, mas você precisa querer partir, eu deixaria, apesar do medo do escuro, você não merece buscar um caminho em um labirinto escuro, frio, deserto. Ok, com a minha presença as coisas se ajeitam, mas não por muito tempo, vá, antes que você se canse, vá antes que a dor seja pior, vá antes que tudo isso vire uma trajedia.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

longe, eu ainda sinto algo aqui dentro. Uma pena que tenha que ser tudo perdido, que a sua voz ficou pra traz, que o que eu sinto esta guardado, e o que você sente não existe mais. É triste saber que agora eu sou forte, que o machucado apesar de não cicatrizado esta com um curativo que vai ajudar... Você se foi, ou melhor eu estou indo, você se foi há muito tempo e agora eu resolvi mudar de direção, não estou mais no seu mundo, apesar de você ainda visitar os meus sonhos, nunca quiz permanecer nele quando eu abria os olhos; e agora com outras roupas, eu vou explorar outros sorrisos, vou tentar fazer alguém feliz, vou sorrir um pouco, coisa que eu não faço há tempos. As lembranças estão dentro de alguma mala, que eu acabei esquecendo na viagem, talvez você á encontre e a deixe aonde eu á esqueci, mas talvez você resolva leva-la consigo, e ai então você vai perceber como era pesada e doia carrega-la, vai ver como eu necessitava de você, então vai acabar deixado a mala em algum canto também, um dia eu volto busca-la, se acha-la me conte o endereço, ou melhor deixe anotado em algum caminho, ainda não posso com a tua presença. Um dia eu vou precisar das lembranças, um dia eu vou querer essa mala de volta, afinal ela é minha história; é que hoje ela ainda é pesada demais pra mim, eu ainda não sei se vai dar certo, mas eu realmente não quero mais ela comigo, sorrir sem ela é mais fácil... e se você precisar de ajuda para carrega-la, pegue o próximo trem, ele é o ultimo da estação...

terça-feira, 27 de julho de 2010

"Com o tempo você vai descobrindo o que vale ou não a pena, no que você deve ou não acreditar. você percebe que ser racional te faz sofrer bem menos do que agir com o emocional. que você só se deve acreditar também depois de muito tempo, aliás, tem vezes que é melhor nem acreditar, antes se surpreender do que se decepcionar. você acaba conhecendo pessoas que são melhores do que você esperava, e pessoas que são muito piores, esse segundo tipo é pior... é ruim quando você cria milhões de expectativas sobre alguém, e a pessoa não é nada daquilo. ou quando você luta tanto pra conseguir algo, e que quando consegue não vê graça, entende? o tempo vai passando e você começa a ver que na verdade nada importa. que independente do que você passar, tudo um dia volta à estaca zero."
eu não queria me enganar, te evitar e tirar você da minha vida. Mas não achei outra maneira de parar de chorar, pelo menos assim, eu choro apenas de vez enquando, todas as noites, e sem ninguém saber. Pelo menos assim as lembranças estão guardadas em uma gaveta com a chave que eu joguei fora. E por favor, agora, pelo menos agora, não sinta minha falta, eu não posso mais voltar (...)

segunda-feira, 26 de julho de 2010

eu senti o vento mudando de direção, eu senti medo, eu percebi que estava sozinha. Por minha causa eu estava sozinha e esperando por alguém que não me queria mais. Eu resolvi pegar outro caminho, e fui atraz de alguém que não deveria estar muito longe, afinal, ele um dia me prometeu nunca me deixar, eu sentei, e derramei algumas lágrimas, e então eu senti um abraço forte e ouvi uma voz dizendo:
- eu fui apenas tomar uma água, o que aconteceu?
- Achei que você não iria mais voltar!
Ele sorriu como se eu tivesse contando uma piada, algo sem nexo, algo que seria impossivel. Me abraçou bem forte, enchugou as minhas lágrimas e me olhou em silêncio. Segurou a minha mão, e começamos a caminhar. O tempo foi abrindo, e eu sentia que não era o mesmo vento, o medo havia passado, não havia mais frio. Eu fechei meus olhos, e comecei a lembrar de todos os caminhos, e eu consegui sorrir, de uma maneira que há muito tempo eu não sorria, e quando abri meus olhos ele estava sorrindo também, como se adimirasse o meu sorriso, como se desejasse isso a muito tempo, como se aquele sorriso fosse o motivo de toda a luta, eu perguntei o que você estava pensando, ele apenas sorria, e eu correspondia com aquele sorriso, que eu precisava, naturalmente. E derrepente eu consegui descobrir o que ele estava pensando, ou melhor, eu percebi o que ele estava fazendo, porque eu senti a necessidade de fazer igual,eu senti que eu precisava ficar em silêncio, para gravar cada momento, exatamente como ele estava fazendo, gravar pra quando o medo me pegasse em meu quarto escuro, pra quando as lembranças que não deviam estar comigo viessem, e pra quando as lágrimas caissem, eu apertasse play, e lembrasse da sua proteção, do seu calor, do seu carinho.

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Eu disse para você ficar longe né? Eu nunca quiz te machucar e hoje eu estou aqui, sem saber o que fazer. Eu te avisei, e isso foi o pior... Sabe o que faltou ? A força pra eu me afastar de você. Você me acolheu, eu não tinha vontade de ficar longe, e ainda não tenho, hoje eu te faço mal, e eu nunca, nunca mesmo, quiz isso pra você, hoje eu choro por saber que você sofre por mim, queria ser sua, e te fazer feliz, como você realmente merece. Ser sua por inteiro, ser sua exatamente como você esta disposto a ser meu. Dificil né? Você me deu seu coração e eu fiquei com ele, sem saber como fazer, quando agir, e me esqueci de te entregar o meu, mesmo sendo você quem cuidava ele, eu esqueci de tira-lo e te entrega-lo... burrice! Hoje eu te vejo indo, logo você que há alguns textos atraz me encontrou em uma esquina, e disse que estaria comigo, logo você, o ultimo que me abandonaria... Calma! Eu estou bem, eu vou ficar bem, não dá mais pra te prender aqui, eu vou devolver teu coração, e eu espero mesmo que alguém cuide dele como realmente você merece, como um anjo merece. Você sempre me viu além de qualquer pessoa, quando aparecia os meus erros, você me encostava na parede e no momento em que eu achava que você iria gritar comigo, eu percebia que você tinha me encostado para me esconder dos outros que estavam chingando e você mais uma vez, estava apenas me protegendo. Sinceramente não sei até aonde eu vou seguir sem a tua proteção, me acostumei, mesmo na chuva, e sem a sua blusa, eu andava me aquecendo com o teu calor, e não precisava de mais nada; mas eu vou seguir, estou sempre seguindo não é? E você vai ficar bem, a medida do possivel. O tempo passou e eu não percebi, faz tempo que você esta aqui, eu queria que tivesse sido diferente, eu queria que no momento em que você gritou: " ela não esta! Ela não sabe mais o caminho de volta, ela mudou para outra casa, e eu vou protege-la!" você andasse por todos os outros caminhos comigo, mas não foi bem assim, e a culpa é minha, APENAS minha, não á mais ninguém aqui... esta tudo escuro novamente, e você esta seguindo sem mim, e sem a sua blusa que você entregou para o cara carente quando me encontrou, talvez esteja frio ai também, minha vontade é gritar para você me ver, pra você voltar, mas talvez você esteja desejando que eu não grite, exatamente como eu comecei essa história, desejando que alguém não gritasse por mim(...) então eu vou ficar em silêncio, a chuva vai esconder a nova dor, e se você sentir que deixou algo, volte, eu vou continuar aqui, com a sua promeça de que nunca ia me abandonar, com todas as lembranças e com o meu eterno agradecimento por você ter me protegido por tanto tempo, sem eu te dar nada, exatamente nada em troca.

além da vida

Não era uma noite qualquer ... Em meio a um quarto totalmente escuro eu ouvia a sua respiração, e os ruídos da minha mente que sussurravam lentamente pra mim mesmo cada sílaba da frase " eu te amo " , enquanto eu velava o teu sono e tocava teu rosto com a ponta dos dedos.


Era madrugada fria , ou não ... Eu não tinha outra vontade a não ser ficar ali ao teu lado sentindo as curvas do teu rosto com o toque de minhas mãos.

Enquanto você dormia eu tinha em minha memória a nostalgia de tudo o que vivemos, me recordei de quando olhei diretamente aos teus olhos pela primeira vez , me recordei de quando eu te observava do outro lado da rua , me recordei de cada um dos teus abraços , me recordei de quando você dizia que eu te abraçava como se você fosse fugir de mim... Realmente eu tive medo de que um dia você pudesse atravessar os meus braços e simplesmente ir.Imaginei-me sem você por 1 segundo , foi então que me veio uma vontade incontrolável de te abraçar... Te puxei pra mais perto e encontrei o fim dos pensamentos frios que me rondavam... Eu procurava pela paz na madrugada fria , e ela ? Estava ali. Dormindo em meus braços. Mesmo que você não fosse ouvir , algumas palavras começaram a se pronunciar... Era involuntário , era preciso , era sincero...Então entre minha boca e o silencio do quarto escuro , beijei-lhe o rosto e sussurrei lentamente em teu ouvido - eu te amo! - seguido de mais um abraço forte e apertado pra que você não fugisse de mim. Foi então que eu senti a pausa de sua respiração enquanto você me prendia com mais força em teus braços. Mas é a verdade , eu te amo e nunca é demais. Eu te via como uma jóia delicada perdida no frio, como um anjo. Tive que demonstrar , era impossível não te dizer... Então sussurrei : " Tem um anjo nos meus braços agora. Eu estou bem! " Estamos em paz,eu te tenho aqui , meu amor! eu nunca vou te deixar meu anjo!minha vida .

Por: Carlos Augusto

um anjo

Eu caminhei por terras onde nem mesmo a mais forte das flores conseguiria germinar, eu naveguei por mares onde as ondas tentaram me afogar, eu lutei contra monstros que eu jamais imaginei que pudesse derrotar, e fiz isso pelo seu amor, por muito tempo eu olhei para o céu a procura de uma resposta para esse sentimento que eu tenho dentro de meu coração, por muitas noites eu pensei que a vida talvez fosse apenas um pretexto para morte, e por muitas noites eu me deparei com ela, eu me guiei até onde estou por causa da sua luz, eu me apaixonei, eu cai como um pássaro em seus braços, eu vi minha historia sendo escrita novamente, só que dessa vez com um final feliz, eu já desejei tudo nessa vida, já desejei asas para poder voar pra longe, eu já desejei ir pra um lugar onde não houvesse ninguém além de mim, eu já desejei até mesmo a morte, mais hoje o único desejo que permanece em meu coração é o de poder recompensar todo o tempo que perdi sozinho fazendo alguém feliz, e nesse caso esse alguém é você, queria que você soubesse o quanto me alegra saber que estarei, nem que por apenas um minuto, ao seu lado, é uma alegria que eu queria que fosse eterna, mas estar ao seu lado não é apenas o que eu queria, eu gostaria de ter seu amor, gostaria de poder sentir que uma vez na minha vida, ao menos uma vez eu fui amado de verdade por alguém, gostaria de saber o quanto esse sentimento pode ser bom, eu não posso culpá-la por não me amar, mas posso tentar fazer meu desejo se realizar, posso e vou tentar, pois só vou desistir desse amor quando a vida desistir de mim, pois eu sei que jamais terei outro alguém como você, não sei bem se Deus existe mais tenho certeza da existência de seus anjos pois um deles entrou na minha vida e agora eu o amo muito, eu seria um mentiroso se um dia te disse que não te amo mais, pois deixar de te amar é como deixar de respirar, impossível, eu sou capaz de tudo pra me encantar com um sorriso seu, e também sou capaz de tudo para jamais deixar que uma lagrima escorra dos seus olhos, sei que nada nessa vida é fácil, e por isso sei que ainda terei que enfrentar muitos obstáculos para estar ao seu lado, mas existe um que eu jamais conseguirei ultrapassar, o do seu coração.
eu te amo muito .

Por:Carlos Augusto

quinta-feira, 15 de julho de 2010

" Novos horizontes, se não for isso, o que será? Quem constroi a ponte, não conhece o lado de lá . Quero explodir as asas e voar, eu não tenho pra aonde ir mas não quero ficar (...) "

O mundo esta perguntando o que esta acontecendo... eu escrevo para não agir, não sei até que ponto isso é correto, não sei se choro menos por conta disso, mas é como um band-aid em um machucado;  NÃO, não é, é mais profundo, é como uma linha em um grande corte, por conta disso eu escrevo, para segurar a linha, e não pegar o telefone, para apertar os pontos e não discar o teu número, para gritar com as palavras e não te implorar para voltar . Foi estranho deitar ontem e perceber quão longe você esta, você não sabe nada de mim, você não esta apar da minha vida, e você não quer estar... Eu queria sim, estar sabendo o que acontece aí desse lado, mas hoje eu não quero mais, só quero se for ao teu lado, não pelos gritos do mundo, os gritos do mundo não são reais... mas pode ter certeza, o meu mundo vai começar a gritar para você, por que eu estou indo embora, e eles acham que você precisa saber. Por mim ficava assim, sem você saber do meu caminho, sem saber da minha distância, por que? Porque eu não quero mais voltar e ter quer seguir novamente, então, se você perceber que eu estou longe demais, se você perceber que eu estou do outro lado da rua, e se eu não te ver, não grita meu nome, se não eu vou me voltar para você e outra vez vou ter que partir quando você não me quizer mais, e isso dói, te dizer tchau não é legal! Então estou aqui engando meu coração, fingindo que não estou indo, que estou apenas passeando, e quando ele pergunta de você, eu apenas afirmo que você esta bem, ele sorri e dá mais alguns passos, mas ele sabe que se você voltar ele te abraça, te deseja, te ama, e te coloca novamente á frente de tudo , novamente.

terça-feira, 13 de julho de 2010

recorde-se do seu primeiro caderno.


dos teus defeitos ou de algum medo normal. Eu parei pra pensar na saudade e se restou alguma certeza. Eu não sei mais dos teus sentimentos, e porque eu não consigo seguir sem você? Você me perguntou do que eu sinto saudades, eu sorri, não há como explicar, eu sinto saudades de tudo ! Saudades da maneira que tudo começou, de você sorrindo e me olhando. Saudades dos dias em que o desejo era apenas pegar na sua mão e gritar pro mundo que você já era meu, mas eu não podia... Saudades das aulas de informática, dos sábados de manhã, do medo de não te ver nunca mais. É, eu sinto saudades do medo, aquele medo bom, de frio na barriga, e camiseta do bob marley. Meu coração até hoje não sabe explicar qual foi a maior emoção, o telefone distante, os olhos brilhando , você me desejou um feliz ano novo, e me pediu algo que você já tinha, você pediu meu coração ao som do braulho do mar. E a partir daquele momento eu descobri a realidade de algo correspondido, as pequenas frases, os melhores abraços, o maior sentimento. Eu me lembro de cada promessa, cada brincadeira, eu me lembro de como era bom sorrir com você, eu sinto saudade do cheiro do ar que mudava nos dias que eu iria te ver, eu sinto saudades da alegria que me contagiava ao ouvir a tua voz, lutando contra tudo e todos,  e você do que sente saudades? (...)

uma estrela

mesmo sem eu notar você estava ali, me olhando e desejando que qualquer dor passasse logo. Mesmo sem eu te recompensar você esperava o meu sorriso como se ele te fizesse mais forte. Eu sinto falta da paz quando eu estou longe de você, eu sinto falta do seu sorriso e da maneira de ser forte ao seu lado. Eu te conheci de uma maneira incerta, mas eu sabia que iria te conhecer, no momento em que vi a sua foto, olhei para o seu avó e disse: "aonde eu estava? ", e seu avô sorriu e me disse : - " essa não é você, vamos conhecer ela? ", meu coração começou a te buscar na distância, foi mais forte que tudo. E a partir do momento em que meu olhar cruzou com o seu, foi tudo tão intenso. Minha pequena, o meu sentimento por você continua aqui, e as lembranças faz tudo isso mais forte. Esta doendo tanto a sua ausência, parece que realmente você passou, parece que foi sonho, que você nunca existiu, me diz não esta doendo aí? O sentimento que você escolheu é mais forte? É melhor? Porque você me deixou aqui ? Eu tenho tantas perguntas pra você, mas se você falar que volta eu deixo todas elas te lado, e te abraço bem forte, e então no próximo segundo eu vou buscar as minhas bobagens para te ver sorrir, como é bom a paz do teu sorriso. As férias de verão, e sua mão na minha de olho no horizonte, as promessas, o medo(...) o pior de todas essas lembranças? É saber que eu lutei e que não foi a distância que acabou com tudo... eu não sei dizer o que foi, vem até me mim, grite, brigue e depois vá embora, pelo menos eu saberei o porque de tudo isso, me jogue na cara, mande eu sumir da sua vida, eu continuarei de zelando mas eu não voltarei mais Só não faz assim, não me deixe aqui, sem saber se você realmente existiu, ou se você passou apenas pra eu poder ser anjo um pouco, pra te colocar nos braços no momento de desespero, pra limpar tuas lágrimas e ser uma eterna palhaça ao teu lado, me conta, nem se foi por sonho, o por que de todas essa distância.

segunda-feira, 5 de julho de 2010

confusão

é estranho falar de você. Você que tem aquela torcida enorme, e aquele sorriso completo quando olha nos meu olhos. É estranho o medo que eu sinto de te perder, e se eu tenho medo, porque não estar com você? Realmente, é tudo muito confuso, e quem faz essa confusão toda sou eu . E sinceramente não estou aqui me explicando, tanto porque não saberia me explicar, e não te dou razão nenhuma pra continuar aqui, comigo, mas eu, hoje preciso de você . Eu cansei de pensar em motivos pra te deixar seguir, eu demorei pra dormir muitas noites pra encontrar uma razão pra eu ficar de vez com você, com todas as incertezas e certezas, eu tive medo, e parei de pensar. Então outro fato começou a ocorrer, eu comecei a desejar a tua presença, tua paz, tua proteção, sem conseguir explicar o porque (...) eu não consigo mais te evitar, e quando eu saio e volto sem você, fica confuso, me vem você no pensamento, de uma maneira tão rápida(...) e quando eu choro,  quando dói a saudade de um outro alguém, me vem você na lembrança me pedindo pra continuar, me tentando explicar que eu sou alguém especial, e que por mim você faria qualquer dia ficar melhor, sim, pelo meu sorriso. Falando nele, ele aparece sempre quando eu penso em você, ninguém dá valor nele como você, hoje, ninguém mais me abraça com pedido pra ficar, com vontade de 'não vai', com saudade de 'fica mais um pouco', ninguém, apenas você, hoje ninguém me olha com frase de 'eu estou aqui', com jeito de 'eu nunca vou te deixar' e com pedido de 'deixa eu te fazer feliz, como você merece', é, você realmente único, e hoje é o único que eu deixaria na minha vida por mais de alguns minutos.  obrigada por estar aqui.

sábado, 3 de julho de 2010

aquilo que eu chamo de amor

não quero me segurar, deixa eu te ligar todas as vezes que eu tenho vontade? Deixa eu te ver nos meus dias, por apenas algumas horas, eu aceito se você quizer assim. Deixa eu ouvir uma música e sorrir por lembrar de você, ou melhor, deixa eu lembrar de nós. Eu quero deixar meu coração bater, eu quero respirar fundo, e se você querer, podemos parar de respirar, porque perder o folego é o que vale a pena não é? Vem colar em mim, vem sorrir de verdade, vem me fazer viver! Deixa minhas pernas tremerem quando eu te ver, e deixa eu discar seu número sabendo que você vai atender; Vamos fazer assim, para com tudo isso e me deixa ser de você. Eu quero te mostrar todas as especies de milagres, eu quero cuidar de você, eu quero você nos meus braços, sem lágrimas, sem mais "esquece" ; eu não quero me prender sem sentido, eu quero me prender em você, e se pra você não for nada disso, caberá só a mim entender. Deixa eu errar no teu colo e cuide de mim essa noite, essa noite não, essa noite é pouco, cuida de mim nessa vida (...)

quinta-feira, 1 de julho de 2010

epitáfio

o acaso vai me proteger, eu sei que vai. Enquanto eu tiver distraida! Concentrada, agora, buscando meu amor, eu não tenho proteção alguma, então hoje eu sei que a partir do momento em que eu tiver distraida, ele vai me proteger! Eu posso estar completamente enganada, mas eu não deveria ter 'amado mais' , eu  fiz o que eu podia; não posso mais chorar e agora de mãos atadas, me resta esperar, e isso pra mim é muito pouco, eu sempre fiz o que eu queria fazer. Nunca fui de ficar parada, aceitei as pessoas como elas são, talvez eu deveria sim, ter complicado menos, mas eu vi o sol nascer por todas as vezes que eu quiz, mesmo sozinha, e aprendi que cada um sabe a alegria e a dor que traz no coração , mas por toda complicação eu não vi o sol se pôr todas as vezes que eu precisei, eu quase morri de amor e hoje eu tento entender a vida como ela é, mas eu sei que o acaso vai me proteger(...)

sexta-feira, 18 de junho de 2010

como se fosse um anjo; algo que não tem explicação. Mas eu realmente queria gostar de você como você gosta de mim. Não é intenso, mas é bom. Quando eu estou sem nenhum motivo pra sorrir, você aparece, me fazendo acreditar que eu faço falta, que há alguém que se importa comigo, e que qualquer garoto que não me queira é um louco[...] sim, você exagera, e me faz rir; me faz rir nos dias em que eu não tenho motivo nenhum pra sorrir, me faz bem nos dias em que eu acordo pensando em sumir, em não ver ninguém, nos dias em que eu apenas quero o meu travesseiro como companhia e minha vontade é chorar e deixar que as lágrimas me esquentem, mesmo ardendo, e então eu protesto, não atendo telefones, sumo da internet, e o que acontece? Você aparece, como se eu tivesse acabado de falar pra você ir me ver, e então você vê a minha expressão emburrada, meus olhos inchados e me abraça, como se eu tivesse te aceitado ali, te implorado pra ficar, você me protege, me conforta, e me solta apenas quando me sente um pouco mais segura, quando minhas lágrimas molham o seu ombro, quando você percebe que já esta aberta a ferida, que já esta sangrando, você me solta e tenta fazer com que ela cicatrize, novamente, mas você não me olha como se estivesse cançado de tentar, você me olha como se nunca fosse desistir, e quando eu te agradeço você sorri, como se eu fosse a parte boa da história e me diz que enquanto você existir você estará ali. E neste momento, como eu posso pedir alguém que não me quer sendo que na minha frente tem um anjo, que não faz minhas pernas tremerem, que não faz meu coração sair pela boca, que não me deixa ansiosa; mas me traz paz, me supreende, e não me deixa não chão. Eu preciso fazer á você, o bem que você me faz.

quinta-feira, 10 de junho de 2010

eu não estou pedindo promessas, juras eternas, e pra sempre. Eu já sei que isso tudo não existe, então por favor, me poupe do 'mais' o simples já esta bom, eu não estou pedindo muito, eu não estou pedindo o amanhã... seja apenas o hoje, pra mim basta.

quarta-feira, 9 de junho de 2010

"[...]um momento quase perfeito, inocente em seus defeitos, tudo que bom dura pouco, e nao acaba cedo"

E vai ser assim, cada minuto vai ser bem aproveitado, eu vou sorrir, eu vou te buscar e eu vou te fazer sentir o que esta me causando. Acho que você esta certo, "eu me apaixonei pelos teus erros"  mas " se eu soubesse antes o que sei agora? Erraria tudo exatamente igual ", e talvez toda essa ilusão de não haver solução, acabe. E talvez a solução realmente seja você não ficar comigo, mas mesmo assim, o teste vai ser feito, por algumas horas, por apenas 'algumas horas' e se não for pedir muito, quando acabar o teste, não me iluda mais, apesar da ilusão ser minha, telefonemas, frases e mensagens que me fazem bem, também me fazem 'sonhar' com uma presença que não vai acontecer; os momentos vão ficar, você vai marcar, e eu quero apenas guardar os sorrisos, assim como eu fiz até hoje. Mas esse sumir não é por maldade, é apenas pra eu manter a minha base, não é fácil dar tempo ao tempo, não é fácil sentir saudades, as vezes a vontade é jogar tudo pro alto, eu não sou tão forte quanto você pensa, tem coisas que existe e temos que esconder, a minha fraqueza é uma coisa que eu escondo[...] pelo menos de você ! 'se eu tivesse a força que você pensa que eu tenho eu gravaria no metal da minha pele o teu desenho !'

domingo, 6 de junho de 2010

selo *o*

Primeiramente eu gostaria de agradecer Cristina Moura pelo meu primeiro selo. *-*




Regras:
1- A maior bobagem que você já fez?
Deixar de acreditar no "pra sempre"

2- O que os outros consideram bobagem e você não?
Correr atraz dos meus sentimentos.

3- Indicar o selo para 5 blogs:





sábado, 5 de junho de 2010

eu mudei. Mas ninguém percebeu ainda, nem os que estão tão próximos. Eu mudei, eu estou sorrindo, continuo claro, sonhando, com os pés completamente longe do chão; mas hoje, ninguém sabe dos meus sonhos, ninguém fica na torcida da minha vida, estou com o lápis e o papel nas minhas mãos, e acabo de trocar o lápis por uma caneta, porque percebi que não vai haver borrachas. Eu mudei e muitos ainda vão perceber; vão sorrir comigo, vão me querer mais perto. Eu mudei, e ando vivendo por ai,sem relógios, sem esperar o amanhã,apenas com a certeza de um novo adeus. Hoje eu sou inteira, mas é apenas hoje, se me querer amanhã: me conquiste novamente.
Ganhei o Meme do blog Millena Blogueira. ( obrigada *o* )
Regras:
1- Coloque o link do blog que te indicou para o meme;
2-Escolha uma imagem ou foto que quiser e poste no blog;
3-Conte seis segredinhos sobre você;
4-Indique seis blogs para ganhar o Meme e coloque seus links;

Então vamos lá(...)
Seis Segredinhos:
1. não suporto televisão pois ela realmente meche com meu pscicologico :s
2.sou apaixonada por música e por conta disso, ouço quase todos os ritmos.
3.sou extremamente ciumenta
4.completamente sonhadora e nada me deixa com os pés no chão
5.adoro telefonemas na madrugada
6.gosto das coisas que me supreendem.




Blogs:

terça-feira, 1 de junho de 2010

passado.

eu sinto falta do meu passado, e de alguma maneira acredito que eu sou muito passado, deveria ser mais 'presente'. Eu sempre fui aquela que chorava nas horas ruins, não se importando se podia chorar ou não. Eu sempre fui aquela que gostava das lembranças, e lutava pra segurar elas com todas as forças. Mesmo isso me fazendo sofrer um pouco, porque o passado não vai voltar, e a saudade as vezes é dolorida, mas eu sempre soube que a saudade é algo bom de uma coisa que não pode ficar. E doendo ou não, guardar uma saudade é uma riqueza e tanto. E hoje falando em passado, e lembrando da saudade eu me lembrei de você... como era bom todo aquele sentimento, ele era puro, e não me fazia mal algum, eu achava que aquilo era dor, eu achava que por fim eu iria te esquecer e nunca mais iria querer te ver, mas não. Aquilo realmente era algo bom. Hoje eu tenho saudade daquela época em que eu me arrumava pra ir á escola com um motivo a mais, que eu tinha uma inocência gostosa e você também, eu sinto saudades das vezes em que você me tapava os olhos e perguntava quem era, e com isso seu perfume vinha com o vento e não tinha como errar teu nome, eu sinto muita saudade daquela fase, daquela mudança, daquele crescimento. Eu paro pra pensar e me vem tantas lembranças, e eu dou risada sozinha, eu realmente me sentia bem gostando de você, era uma felicidade diferente, era aquela coisa de frio na barriga, e tudo completamente intenso. E quando as ligações começaram a aparecer? Seu nome no meu celular, sua voz, e as suas palavras. Você marcou a minha vida e isso não vai mudar, e pra falar a verdade, eu não quero que mude, você me faz um bem inexplicável.

sábado, 29 de maio de 2010

você vai sim se arrepender por tudo que já me disse, e eu talvez também me arrependa por não ter te ouvido todas as vezes que me olhou nos olhos. Mas mãe é sempre mãe.Eu posso não ser nada, não ter futuro algum, mas eu sei que um dia alguém vai te contar o que eu era, e você um vai vai se orgulhar de mim,e vai ver o quanto errou com algumas palavras. Eu posso fazer pouco, ser pouco, e querer muito. Eu posso estar errando muito, e esse erro ser completamente meu; mas você vai ver quem estava em seus braços, e o quanto eu te amava, talvez a gente aprenda as coisas tarde demais, mas mesmo sendo tarde, acredito que não vai ser perdido. Um dia você vai ouvir dos outros o quanto eu me orgulhava de você, vai ver quantas coisas eu não fiz por pensar em como você se sentiria se soubesse, vai realmente ver a diferença de uma garota lá da rua, e da sua filha. Um dia eu sei que todos os gritos vão acabar, e eu vou senti falta deles, eu sei que tudo vai ser aprendizado e você talvez vá sorrir comigo, eu tenho orgulho de tudo que você enfrentou comigo, e quando você me conhecer você vai poder pelo menos ter orgulho de eu ser sua, de ser sua metade, de eu ser completamente identica a você.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

um dia você vai sentir o meu sentimento, vai gostar da minha saudade e vai desejar não haver a ausência; um dia você vai colar em mim, vai fazer as minhas vontades, querer saber das minhas verdades e vai sorrir como um bobo com as piores confições. Um dia não haverá mais distancia, não haverá um só sorriso, não vai haver um alegria apenas, um dia seremos 'nós', e vai haver mais que um esperança. Um dia Deus vai mostrar o porque de tanta falta, vai te trazer de novo, vai te colocar bem perto, e talvez assim você deixe de ser um incognita e a gente se resolva. Não haverá mais ilusão, a gente vai falar o que resta, vai fazer as ultimas vontades e ai, vamos poder dizer o quanto o passado valeu a pena, um dia você será meu, por inteiro, e vamos ver até quando esse sentimento poderia ter sido levado a sério. É, um dia tudo vai se encaixar e eu vou ter a minha metade de volta.

domingo, 23 de maio de 2010

' as vezes a gente se sentem preso a algo, precisamos nos desligar das coisas em geral, e se ligar a alma; ela que nos dirá o que fazer em diante, somos crianças , pois devemos agir sem passado algum, sem olhar para trás, qualquer criança agi assim, ela nao tem passado, por isso curte cada segundo, momento presente, o futuro ela deixa por vim. '

por: Jean Gustavo de Moraes Camargo.
não é sempre que tenho ele por perto, mas quando ele aperece me faz um bem que não há explicação.

sábado, 22 de maio de 2010

é intenso.



é diferente quando há alguém por perto, eu desejei por muito tempo não gostar de ninguém, eu busquei me esconder do mundo, eu tive medo do intenso, mas certo dia você apareceu e sorriu pra mim, não houve mais explicações, eu era sua, eu seria sua até o nosso pra sempre ter um fim. Foi tudo tão intenso, foi tudo tão perfeito, eu não queria nada em troca, eu queria você sorrindo, eu queria você no meu mundo, eu queria um amor maior que eu, e eu vivi esse amor com todas as minhas forças, eu não sei se foi real, porque hoje, sem você parece que você nunca existiu, parece que foi tudo um sonho, você desejou não existir? Vocês sentiu o que eu senti? Eu não sei explicar, não houve explicação alguma pra tudo acontecer, e agora também não há explicação pra tudo ter acabado, mas o mundo me deixou pra traz e hoje eu tenho as lembranças. Lembranças que me sessam o pensamento a todo instante, que me atingem e me fazem derramar algumas lágrimas, lembranças que me pegam a noite, e que ficam junto ao meu quarto, elas estão em exatamanete tudo, nas fotos, nos livros, nas músicas, nos sorrisos, não há como evitar, as vezes quando eu penso ter te deixado pra traz como você me deixou me vem um sorriso bobo, um cheiro intenso, uma lembrança pesada, e ai então eu percebo que não importa o tempo você vai comigo pra onde quer que eu vá, não importa o que os outros pensam, eu sempre estarei esperando a sua volta, não importa quem realmente torce pelo nosso amor, ou meu amor, se achar melhor, o que importa é que quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa acontecer dentro de nóis.

eu tenho várias pessoas por perto, e as melhores estão com medo desse sentimento, acho que a mudança eles não viram ainda. Eles não viram que alguma parte de mim cresceu e apesar de eu ser todo coração, eu hoje tenho medo. Se esqueceram que com tempo eu aprendi algo, pode não ter sido muito, mas eu aprendi a manter os pés no chão. Eu sabia que há qualquer momento ele iria sumir, é de ilusão que ele gosta não é? Então, eu estava realmente preparada pra uma esperança, um talvez e um sumisso logo após tudo isso. Eu não pedi pra você voltar, então em relação á isso eu me superei. Agora falando em amores, a saudade anda machucando aqui dentro, mas o tempo esta passando tão depressa que eu não consigo mais acompanhar, eu estou deixando ela aqui, bem apertada, bem protegida, e á pedidos: - bem escondida.

domingo, 16 de maio de 2010

viver.


o que você faz com a sua vida? Você vive? Você usa seu orgulho ou corre atraz do que quer sem pensar que quem deveria estar fazendo isso é o outro? Você abraça quando esta com vontade, procura, liga, mata a saudade? Porque hoje, pra mim pelo menos, não existe mais o fato do:- estou com saudades. Mata ela, faz a tua vontade, ficar parado não vai fazer saudades nenhuma acabar. Onde você sorri? O que você faz com mais frequencia? Acha que chorar no quarto muda a vida de alguém? Você já disse que ama hoje? Já disse que esta ali pra alguém que precisa ouvir? O que você esta deixando pra traz? Esta valendo tudo a pena? O orgulho não vai te levar á nada, pode sim, te proteger de alguns tombos, mas depois se o amanhã não vier, não vai haver remédio que cure, não vai haver tempo, não vai haver mais uma chance. Então, o que você esta fazendo ainda parada? Vai fazer o que te da vontade, ligue, chore, busque, corra, implore, prometa, abrace, e faça acontecer, amanhã pode ser tarde demais.

sábado, 15 de maio de 2010

"eu não vim até aqui pra desistir agora, entendo você, se você quizer ir embora. Não vai ser a primeira vez nas ultimas 24 horas[...] Mas eu não vim até aqui pra desistir agora; minhas raizes estão no ar, minha casa é qualquer lugar, se depender de mim eu vou até o fim ! "(♪)

sexta-feira, 14 de maio de 2010

um bem para a alma.

video

- eu não sei na verdade quem eu sou ! [...]
Mas eu sei o que me faz bem, e isso me faz um bem que não há como explicar, é um bem pra alma. Eu veria este video umas mil vezes, nele há sorrisos, há realidade, sentimento!

quinta-feira, 13 de maio de 2010

é diferente a maneira como eu penso em você, você me faz bem, você me faz sonhar. Quando tudo esta desabando você aparece e me faz sorrir, mas eu queria tirar essa incognita de mim, o que você quer? O que você busca? O que você sonha? Porque eu, eu quero você, eu já desejei ser sua realidade, mas eu nunca fiz parte dela. Você é uma doce ilusão, e por mais que eu acredite em tudo o que você me diz, eu não consigo tirar os meus pés do chão e acreditar que um dia seremos só eu e você. Mas se você puder, seja meu? Só por alguns dias[...] pra realizar um sonho antigo, um amor platonico, um sorriso bobo, eu sinceramente acho que se algum dia isso acontecer eu não consigo mais voltar a colocar os pés no chão. O que você pensa? O passado, as histórias, as loucuras, eu faria tudo, como você mesmo disse: - exatamente igual. Então pelo menos por alguns dias, faça o 'estar junto' ser perto, ser colado, ser real.